Somos todos escravos da tecnologia. Lembro-me da sabedoria desses grandes homens que viajavam pelo mundo e passavam por terras diferentes, diferentes línguas.

Não conheciam e acabavam por conhecer aquelas gentes e os seus modos de vida diferentes, de um lado para o outro, até à China e por aí fora. Era admirável, não era?

Hoje não, vai-se de avião, não se sente nada.

Manoel de Oliveira dissertando sobre a tecnologia.

REDES SOCIAIS

1,432FansCurti
0SeguidoresSeguir
22SeguidoresSeguir