Efemérides Outubro

Nascimento Óbito
Amália Rodrigues Amália Rodrigues
Músico
1920 –07 –01 1999 –10 –06

Amália Rodrigues é uma das vozes mais reconhecidas da História Portuguesa. Esta Lisboeta de Gema foi uma voz incontornável do Fado e de toda a Música Portuguesa que revolucionou à sua passagem.

D. João II D. João II
Regente, Rei de Portugal
1455 –05 –03 1495 –10 –25

Cognominado o Principe Perfeito foi um dos maiores impulsionadores dos Descobrimentos, Centralismo e organização do país. Desde muito cedo foi considerado um dos melhores governantes da História de Portugal.

Alfredo Keil Alfredo Keil
Músico, Pintor, Poeta
1850 –07 –03 1907 –10 –04

Alfredo Keil foi um português de muitos ofícios passando desde a arqueologia até à poesia. No entanto é como pintor e compositor que chega mais longe, sendo que ficará na história como o compositor d’A Portuguesa, o actual Hino Nacional de Portugal.

Pedro de Sousa Holstein, Duque de Palmela Pedro de Sousa Holstein, Duque de Palmela
Diplomata, Duque de Palmela, Político, Primeiro Ministro de Portugal
1781 –05 –08 1850 –10 –12

Pedro de Sousa Holstein, 1º Duque de Palmela entre outros títulos, foi um importante político e diplomata português da primeira metade do século XIX. Foi o representante português no Congresso de Viena, um dos eventos mais marcantes do século. Ocupou também a chefia do Governo, com o titulo de presidente do Conselho de Ministros, correspondente ao Primeiro Ministro actualmente.

José Rodrigues Maio – Cego do Maio José Rodrigues Maio – Cego do Maio
Pescador
1817 –10 –08 1884 –11 –13

José Rodrigues Maio, o Cego do Maio, foi um herói marítimo da Póvoa de Varzim, Pescador de Peixe, e salvador de homens no mar.

D. Dinis D. Dinis
Poeta, Rei de Portugal
1261 –10 –09 1325 –01 –07

Além de ser um dos primeiros poetas, e defensores, da Língua Portuguesa D. Dinis foi um Rei que mostrou uma inteligência e visão para o futuro tanto em termos de Educação como de Planeamento.

D. Pedro IV D. Pedro IV
Rei de Portugal
1798 –10 –12 1834 –10 –24

D. Pedro IV, Rei de Portugal, primeiro Imperador do Brasil, como D. Pedro I, pelo qual declarou independência contra aquele que seria o seu futuro reinado. Um lider carismático, um homem impulsivo e de paixões exacerbadas, e um personagem do mais complexo que existe na história de Portugal.

Agustina Bessa-Luís Agustina Bessa-Luís
Ensaísta, Escritor, Poeta, Vencedor do Prémio Camões
1922 –10 –15 2019 –06 –03

Agustina Bessa-Luís é uma das grandes escritoras Portuguesas, não só do Século XX, mas de toda a História de Portugal. Autora completa foi Romancista, Guionista, Poetisa e até autora de livros infantis. Uma das maiores figuras da Língua Portuguesa.

D. Pedro V D. Pedro V
Rei de Portugal
1837 –10 –16 1861 –11 –11

D. Pedro V apenas reinou efectivamente seis anos onde tentou modernizar a abrir Portugal. Morreu jovem, tal como a sua esposa D. Estefânia, e sem descendência. Mesmo assim nesse curto reinado fez obra para ser considerado um dos bons Reis de Portugal.

Carolina Beatriz Ângelo Carolina Beatriz Ângelo
Médico, Político
1878 –04 –16 1911 –10 –03

Carolina Beatriz Ângelo foi uma pioneira portuguesa na verdadeira assumpção da palavra. Médica de formação e exercício, foi a primeira Portuguesa a efectuar uma Cirurgia, efectuada no Hospital de São José em Lisboa. Republicana e Activista Feminina conseguiu aproveitar a forma como estava escrita a lei eleitoral de 1911 para conseguir votar, sendo a primeira Portuguesa a consegui-lo. Algo que seria posteriormente alterado para impedir novo voto feminino.

António José de Almeida António José de Almeida
Médico, Político, Presidente da República Portuguesa
1866 –07 –17 1929 –10 –31

António José de Almeida foi o único Presidente da 1ª República Portuguesa que cumpriu integralmente o mandato para o qual foi eleito. Republicano fervoroso e um dos políticos que mais tentou os consensos e a estabilidade num período em que muitos só queriam as cisões. Foi também quem inventou o conceito das Visitas de Estado na sua forma moderna.

D. João V D. João V
Rei de Portugal
1689 –10 –22 1750 –09 –31

D. João V é conhecido como o Rei Sol Português pela obra monumental que deixou edificada no seu reinado com os lucros da exploração mineira do território Brasileiro. Político astuto centrou muita da sua veia diplomática com a Santa Sé onde ganhou para Lisboa um Patriarcado. A Batalha de Matapão no seu reinado é das maiores vitórias navais da História.

D. Miguel I D. Miguel I
Rei de Portugal
1802 –10 –26 1866 –11 –14

D. Miguel I foi rei de Portugal durante seis anos, sendo os últimos dois numa Guerra Cívil contra o seu irmão mais velho, e futuro D. Pedro IV. Foi reconhecido Rei pelas Cortes por seu irmão ter-se rebelado contra Portugal declarando a Indencia do Brasil. Após perder a Guerra Cívil foi retirado da linha de sucesão e exilado.

Manuel Teixeira Gomes Manuel Teixeira Gomes
Escritor, Político, Presidente da República Portuguesa
1860 –05 –27 1941 –10 –18

Manuel Teixeira Gomes aproveitou a riqueza da sua família para se dividir durante muitos anos entre a boémia e as artes e letras onde fez amizades com os grandes do seu tempo. Republicano convicto adere à política após a revolução de 5 de Outubro de 1910, chegando a ser eleito Presidente da República em 1923. Foi o 7º Presidente da República Portuguesa, cargo que abandona dois anos depois com a desculpa de se querer dedicar a cem por cento à literatura.

D. Carlos I D. Carlos I
Rei de Portugal
1863 –10 –28 1908 –02 –01

D. Carlos I ficará sempre na história pela forma como foi assassinado em Lisboa, mas foi ao mesmo tempo um dos Reis mais cultos da nossa história. A falha do seu plano Colonial e o crescente movimento Republicano foram-lhe fatais.

D. Duarte I D. Duarte I
Escritor, Rei de Portugal
1391 –10 –31 1438 –09 –09

D. Duarte foi apenas rei durante cinco anos nos quais se acabou por concentrar em tentar fazer ligações e pontes de entendimento mesmo mantendo a politica expansionista de seu pai D. João I. Foi também autor de algumas obras literárias que chegaram aos nossos dias.

D. Fernando I D. Fernando I
Rei de Portugal
1345 –10 –31 1383 –10 –22

O Formoso, O Belo e o Inconstante, os três cognomes de D. Fernando I, um rei que iria fechar da pior maneira a primeira dinastia com a queda numa Guerra Cívil após morrer apenas com uma filha, e casada com o Rei de Castela.

D. Luís I D. Luís I
Rei de Portugal
1838 –10 –31 1889 –10 –19

D. Luís subiu ao trono após a morte do irmão D. Pedro V encerrando assim o que esperava ser uma carreira na Oceanografia e Marinha, paixões que cultivou até ao fim da sua vida. Um reinado popular, mesmo que algo atribulado.