Inicio 2018

Arquivos

D. Afonso Henriques

Militar, Rei de Portugal
?1109–7–25 — ✝1185–12–6

Tornando-se a encarnação das ambições de seu Pai Henrique de Borgonha e dos nobres do Condado Portucalense D. Afonso Henriques criou, defendeu e aumentou o Reino de Portugal, sendo o seu primeiro Rei.


Ler mais

Infante D. Henrique

Duque de Viseu, Infante de Portugal, Militar, Nobre de Portugal
?1394–03–04 — ✝1460–11–13

Infante D. Henrique é provavelmente dos primeiros nomes que se fala quando se fala em grandes portugueses, ou na história de Portugal ou do Mundo. A exploração marítima, que impulsionou, financiou e geriu, durante grande parte da sua vida tornou-o na figura de proa da expansão portuguesa, e europeia, começada no século XV. Mas foi também um líder politico e militar de grande gabarito, e um gestor admirável.


Ler mais

Luís de Camões

Militar, Poeta
?1520–00–00 — ✝1580–06–10

Luís Vaz de Camões é um dos nomes mais incontornáveis não só da literatura portuguesa, como também da sua cultura e mesmo do conceito de nacionalidade. A magnus opum Os Lusíadas é uma das grandes obras literárias da Humanidade.


Ler mais

Manuel da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira

Militar, Nobre de Portugal, Político
?1784–03–03 — ✝1830–03–07

Manuel da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira, 1.º marquês de Chaves e 2.º conde de Amarante, foi um Nobre e Militar Português do inicio do Século XIX. Distinguiu-se primeiramente nas Guerras Peninsulares defendendo o país durante as Invasões Francesas. Após estas continuou no entanto um Absolutista convicto, renegando várias vezes a Constituição Liberal e pegando em armas contra ela em várias revoltas. Com a chegada ao poder de D. Miguel foi dos homens fortes deste e colocado no seu Conselho.


Ler mais

João do Canto e Castro

Militar, Presidente da República Portuguesa
?1862–05–19 — ✝1934–03–14

João do Canto e Castro foi um Presidente da República que sucedeu a Sidónio Pais após o seu assassinato. Apesar de ter ocupado esse cargo era um monárquico convicto, mas mesmo assim reprimiu as revoltas monárquicas de Paiva Couceiro ocorridas no seu mandato.


Ler mais

Manuel Gomes da Costa

Marechal de Portugal, Presidente da República Portuguesa, Presidente do Ministério
?1863–01–14 — ✝1929–12–17

Marechal Manuel Gomes da Costa foi um condecorado militar Português do fim da Monarquia e Primeira República. Aí também começou como político e foi um dos líderes do golpe militar de 28 de Maio de 1926. Sucedeu na chefia do país pós golpe, tanto como Presidente da República como Presidente do Ministério, a Mendes Cabeçadas, mas por menos de um mês sendo derrubado por golpe de Sinel de Cordes e Óscar Carmona.


Ler mais

Óscar Carmona

Marechal de Portugal, Militar, Político, Presidente da República Portuguesa, Presidente do Ministério
?1869–11–24 — ✝1951–04–18

Marechal Óscar Carmona é o grande vencedor entre os militares que fizeram o golpe de 28 de Maio de 1926. Assumiu ainda em 1926 a Presidência da República que só deixaria quase 25 anos depois com a sua morte em 1951. Foi inicialmente o grande protector de Oliveira Salazar no Governo, sendo que depois viu retribuído sempre a lealdade deste durante toda a Ditadura do Estado Novo.


Ler mais

Sidónio Pais

Militar, Presidente da República Portuguesa
?1872–05–01 — ✝1918–12–14

Sidónio Pais, o Presidente Rei como lhe chamou Fernando Pessoa, foi um dos mais importantes políticos Portugueses da Primeira República. Revoltou-se contra o caos do sistema parlamentar e forçou um sistema com eleições universais e um regime presidencialista que chefiou até ao seu assassinato.


Ler mais

José Mendes Cabeçadas

Militar, Presidente da República Portuguesa, Presidente do Ministério
?1883–09–19 — ✝1965–06–11

José Mendes Cabeçadas por duas vezes pegou em armas contra o poder instituído em Portugal. Em primeiro a 5 de Outubro de 1910 pela República, e em 28 de Maio de 1926 para terminar aquela República que tinha ajudado a criar. Tornou-se aí Presidente da República, e Presidente do Ministério, mas por menos de um mês sendo afastado por ainda acreditar na democracia. Durante o resto da sua vida ficou na oposição a Oliveira Salazar e ao seu regime.


Ler mais

Jaime Cortesão

Escritor, Jornalista, Militar, Médico, Político
?1884–04–29 — ✝1960–08–14

Jaime Cortesão começou a sua vida académica, e profissional, como médico, e foi como médico que se tornou militar voluntariamente para combater na Flandres na Primeira Guerra Mundial. Mais tarde é na politica e no ensino e escrita da História dos Descobrimentos Portugueses que ganha enorme fama.


Ler mais

Francisco Craveiro Lopes

Marechal de Portugal, Militar, Político, Presidente da República Portuguesa
?1894–04–12 — ✝1964–09–02

Marechal Francisco Craveiro Lopes fica na história como o Presidente da República que sucedeu a Óscar Carmona no Estado Novo mas na realidade foi bem mais que isso. Herói de Guerra na Primeira Guerra Mundial em Moçambique, pioneiro da aeronáutica Portuguesa e um pensador pela própria cabeça. Tanto o foi que por ter uma relação fria e distante de António Oliveira Salazar acabou por não ser reconduzido para um segundo mandato, tendo mesmo chegado a ter contactos com a oposição ao regime.


Ler mais

Américo Thomaz

Militar, Presidente da República Portuguesa
?1894–11–19 — ✝1987–09–18

Américo Thomaz foi acima de tudo o Presidente da República perfeito para António Oliveira Salazar. Dedicado a ser uma figura representativa foi mais presente em inaugurações do que em politica activa, valendo-lhe mesmo a alcunha de “Corta-Fitas”, permitindo a Salazar governar como bem entendia. No entanto nem sempre foi sempre uma figura apenas sendo reconhecido pela sua intervenção activa na reformulação da Marinha portuguesa, especialmente a mercante.


Ler mais

Humberto Delgado

Militar, Político
?1906–05–15 — ✝1965–02–13

Humberto Delgado, conhecido como General Sem Medo, foi um militar e politico português que ficará para sempre na história como se tendo opor ao regime de Salazar, primeiro via eleitoral e depois tentando uma revolta armada. Isto depois de ter começado a carreira dentro do regime tendo até sido dos maiores responsáveis pela aeronáutica do Estado Novo. Acabou por ser assassinado pela PIDE em Olivença.


Ler mais

António de Spinola

Marechal de Portugal, Militar
?1910–04–11 — ✝1996–08–13

Marechal António de Spinola foi um oficial superior do Exército Português, Governador da Guiné-Bissau, político proponente de um Federalismo Português Pluricontinental, membro da Junta de Salvação Nacional em 1974 e 14º Presidente da República


Ler mais

Francisco da Costa Gomes

Marechal de Portugal, Militar, Político, Presidente da República Portuguesa
?1914–06–30 — ✝2001–07–31

Marechal Francisco da Costa Gomes foi um dos mais importantes militares da Guerra Colonial e que com uma abordagem de promoção das melhorias da vida da população local asfixiou as guerrilhas. Chamado à Presidência da República após o afastamento do Marechal Spínola esteve à frente do Estado até à primeira eleição democrática do novo Regime. Foi por isso o Presidente de quase todo o PREC e uma das figuras chave que evitou a guerra civil no 25 de Novembro.


Ler mais

Mário Firmino Miguel

Militar, Político
?1932–03–11 — ✝1991–02–09

General Mário Firmino Miguel foi um dos homens chave no PREC, sendo uma das figuras chave no processo de transição democrático. Militar de carreira brilhante, foi a escolha do General Spínola para primeiro Ministro da Defesa e Forças Armadas nos primeiros governos provisórios dos pós 25 de Abril. Cargo que depois viria a ocupar nos primeiros governos Constitucionais chefiados por Mário Soares.
Faleceu com apenas 58 anos, num acidente de viação enquanto era o Chefe de Estado Maior do Exército, quando era ainda uma figura politica de relevo, e potencial candidato a uma futura eleição Presidencial.


Ler mais