Cemitério - Fieis Defuntos - Finados
Foto de olafpicture no Cemitério de Évora

Celebrado todos os anos a 2 de Novembro o Dia de Finados é provavelmente entre as festividades em Portugal a mais importante que não é feriado. Sendo que é das que mais movimenta as pessoas pelo país fora.

No Brasil no entanto esta celebração, sempre muito relevante para os Portugueses, nunca perdeu o estatuto oficial. Sendo ainda hoje o Dia de Finados feriado no Brasil.

Dia de Finados ou de Fieis Defundos?

Apesar da clara coincidência de datas com o Dia de Los Muertos Mexicano a tradição Portuguesa, e a Brasileira sua derivada, tem uma índole fortemente Católica.

Como tal, e muito ligado à celebração da morte e ressurreição Cristãs, este é o dia tradicionalmente ligado à lembrança dos entes queridos que já não estão entre nós.

O termo Fiéis Defuntos, ainda hoje em voga religiosamente, é muitas vezes substituído por Finados. Esta designação, apesar de mais antiga a nível linguístico, tem no entanto menor carga religiosa e como tal mais abrangente.

A Romaria “À Terra”

Um pouco por todo o país vê-se famílias a irem às suas terras natais no dia de Todos-os-Santos, 1 de Novembro. Mas para muitos, senão mesmo a maioria, a viagem tem o Dia de Finados como pano de fundo.

Tradicionalmente o Dia de Finados é dia de romaria ao Cemitério para visitar os entes queridos. No entanto a maior romaria acaba mesmo por ser no dia anterior.

Num espírito bem Português zelosos familiares vão a 1 de Novembro encher as campas dos seus de flores, e tratar que tudo esteja arranjado para o Dia de Finados.

A Vertente Comercial

Mesmo com a explosão comercial do Dia da Mãe e do Dia dos Namorados para as florista o Dia de Finados continua a ser um dia grande para este negócio.

A isso se junta o negócio das velas, dos santos, e mesmo nas semanas antes de todos aqueles que trabalham as lápides e outros ornamentos nos cemitérios.

A Ligação à nossa Saudade

Dizem que não existe tradução para a palavra Saudade, tão nossa. Como tal é fácil perceber o culto aos nossos familiares falecidos na nossa cultura.

A isso se junta a ligação fortíssima familiar dos povos latinos do sul da Europa. Em que as famílias alargadas sempre foram uma componente essencial da vida em sociedade.

A saudade e a importância da família para os Portugueses, e Brasileiros, tornam esta festa uma das mais importantes do nosso povo.

Ainda que uma festa silenciosa e mais ligada à reflexão que à grandes manifestações. Essas ficam apenas para as campas sempre arranjadas neste dia do ano.

Se ainda não seguem o Of Portugal no Facebook podem começar desde já (link). Obrigado. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.